Fibras de garrafa pet são usadas para isolamento acústico em imóvel

Redação

Átman Cabral novo empreendimento Curitiba isolamento acústico

O Átman Cabral, novo empreendimento de Curitiba, terá um isolamento termoacústico feito por fibras de garrafa pet nas paredes. Uma lã de material reciclável substitui as de rocha e vidro e ajuda na reutilização de produtos. As obras são da Incorporadora MDGP, em parceria com a Aurora Centennial, com construção assinada pela Huma Engenharia.

A iniciativa apresenta vantagens para a preservação de recursos naturais, como alta eficiência no isolamento térmico e acústico dos ambientes; antimofo, inibindo a proliferação de fungos e bactérias, além de ser resistente a umidade; e pode ser compactada sem perder as características originais, contribuindo para a redução dos custos de transporte, além de contribuir para o processo de reciclagem, dando uso às garrafas pet descartadas diariamente.

“Ao contrário das mantas de outros materiais, que podem causar inflamações, irritações e problemas de saúde no instalador por conta da sua composição, a lã de pet é inofensiva, promovendo maior segurança para quem tem contato direto com ela. Além disso, trata-se de um material não inflamável”, afirma o diretor da Huma Engenharia, Thomas Gomes.

As madeiras utilizadas na fachada e pergolados das coberturas são recicláveis, compostas de sobras de madeiras e polímeros plásticos. Elas não são tóxicas, não racham, não sofrem alteração de coloração e forma por ação de umidade e não atraem cupins ou fungos.  “O material apresenta baixa condutividade térmica e pode efetivamente reduzir a radiação solar e a refração, o que diminui o consumo de energia e aumenta o conforto térmico interno”, lembra Gomes.

O empreendimento possui o certificado de sustentabilidade GBC Brasil Condomínio, que atesta alto desempenho social e ambiental. “Acreditamos que a sustentabilidade é mais que uma tendência, é estar em conformidade com as necessidades de reaproveitamento e melhor aproveitamento dos recursos e materiais, priorizando um menor impacto de nossas obras no meio ambiente”, completa.

As obras do Átman Cabral começaram em maio do ano passado. Em um terreno com mais de 4 mil metros quadrados, o empreendimento conta com duas torres, com um total de 24 apartamentos, com plantas de 209 a 573 metros quadrados de área privativa.

O prédio oferece área comum completa, com salão de festas, academia, piscina coberta e aquecida, quadra recreativa, rooftop gourmet, pátio central, bicicletário, playground e brinquedoteca.

Localizado na esquina das ruas Bom Jesus e Professor Arthur Loyola, próximo ao Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (IPPUC), o empreendimento tem previsão de entrega para o segundo semestre de 2022.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="791252" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]