Pesquisa indica alta na venda de apartamentos novos em Curitiba

Redação

vendas de apartamentos tiveram aumento em Curitiba

As vendas de apartamentos novos em Curitiba tiveram um aumento de 58% nos cinco primeiros meses deste ano, comparado ao mesmo período de 2020. Os números são resultado de uma pesquisa da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi-PR).

A pesquisa da Ademi-PR, em parceria com a BRAIN Inteligência Corporativa, monitora 335 edifícios residenciais e mais de 21 mil imóveis. A apuração é realizada diretamente com as construtoras, incorporadoras e imobiliárias, desde 2007.

Em maio desse ano, de cada 100 apartamentos lançados no mês, seis foram vendidos em até 30 dias. Em maio de 2020, foram apenas quatro imóveis novos vendidos no mês em que foram lançados.

A quantidade de apartamentos novos à venda no mercado imobiliário de Curitiba foi 18,1% maior nos primeiros cinco meses desse ano do que no mesmo período de 2020. Isso quer dizer que pouco mais de 1,9 mil imóveis foram colocados à venda.

Entretanto, o volume de empreendimentos lançados em Curitiba nos últimos 12 meses foi menor: caiu de 30 edifícios lançados de janeiro a maio de 2020 para 25 no mesmo período desse ano

O preço médio do metro quadrado privativo dos apartamentos novos em Curitiba também está em alta. Segundo a pesquisa da Ademi-PR com a BRAIN, os apartamentos novos acumularam valorização de 13,5% no último ano, tendo maio como mês de referência. A variação dos preços no mercado imobiliário de Curitiba foi maior do que a registrada pela inflação. Ou seja: o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 8,05% nos últimos 12 meses, tendo como base o mês de maio.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="776564" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]