câmara de apucarana
Compartilhar

Defesa de Bendine apresenta passagem de volta de Portugal e pede reconsideração da prisão

A defesa do ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine protocolou, no final da tarde desta quinta-feira, pedido de recon..

Roger Pereira - 27 de julho de 2017, 19:16

A defesa do ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine protocolou, no final da tarde desta quinta-feira, pedido de reconsideração da prisão preventiva de seu cliente, alegando que ele sempre esteve à disposição da Justiça para esclarecer os fatos e que não tinha a intenção de fugir do país.

Um dos argumentos que levaram o Ministério Público Federal a pedir a prisão preventiva de Bendine foi a compra de uma passagem só de ida para Portugal por parte do investigado. À petição, os advogados do ex-presidente da Petrobras anexaram o bilhete de volta adquirido por Bendine, com data marcada para 19 de agosto.

A defesa também alegou que o administrador sempre compareceu para prestar depoimentos quando convocado e abriu seu sigilo bancário à Justiça, o que, na visão da defesa, descarta a necessidade da prisão preventiva.

Em despacho publicado na noite desta quinta-feira, o juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, admitiu apreciar o requerimento, abrindo prazo para que a defesa junte prova documental do pagamento do preço das passagens, esclarecendo forma e origem, a fim de atestar a autenticidade do documento apresentado em Juízo.

Observo, por oportuno, que a aquisição de passagem para viagem ao exterior foi um, mas não o único ou o mais importante, elemento que levou à decretação da prisão temporária na decisão de 20/07/2017. De todo modo, com essa ressalva, é o caso de apreciar o requerido”, salientou o magistrado.