Operação Lava Jato
Compartilhar

Advogados apresentam atestado de óbito e pedem absolvição sumária de Marisa Letícia

Angelo Sfair, BandNews FM Curitiba A defesa de ex-primeira-dama Marisa Letícia apresentou à Justiça Federal do Paraná ce..

Narley Resende - 14 de fevereiro de 2017, 11:19

Angelo Sfair, BandNews FM Curitiba

A defesa de ex-primeira-dama Marisa Letícia apresentou à Justiça Federal do Paraná certidão de óbito e pediu a absolvição sumária dela. Marisa morreu no dia 4 de fevereiro, 11 dias depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Os advogados sustentam o pedido no Código Penal, que prevê a extinção da punição em caso de morte.

Segundo a defesa, a absolvição sumária é uma forma de garantir o princípio da presunção de inocência.

O juiz Sérgio Moro, responsável pelo processo em primeira instância, ainda não se manifestou sobre o pedido da defesa.

Marisa Letícia se tornou ré Lava Jato no mês de setembro do ano passado. Ela foi denunciada junto ao ex-presidente Lula e outras seis pessoas nas investigações sobre o triplex do Guarujá, litoral paulista.

No final do ano passado, Marisa Letícia passou a responder em um segundo processo, que tem como foco a investigação de um terreno onde supostamente seria construída uma nova sede para o Instituto Lula.

A ação também apurava irregularidades no aluguel de um apartamento em São Bernardo do Campo, vizinho ao local onde ela morava com Lula.