Operação Lava Jato
Compartilhar

Moro ouve testemunhas de defesa de Cunha nesta quarta-feira

Com informações da CBN Curitiba Seis testemunhas arroladas pela defesa do ex- presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunh..

Julie Gelenski - 07 de dezembro de 2016, 09:13

Com informações da CBN Curitiba

Seis testemunhas arroladas pela defesa do ex- presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), serão ouvidas hoje (7) em um audiências de processo da Operação Lava Jato. O juiz federal Sérgio Moro, começou a ouvir as testemunhas às 9h30. O primeiro a falar foi o ex- deputado federal João Lúcio Magalhães Bifano. Logo em seguida, às 9h50, o vice-governador de Minas Gerais, Antônio Eustáquio Andrade Ferreira.

Com oitiva marcada para às 10h15, o deputado federal Leonardo Lemos Barros Quintão (PMDB-MG), é o terceiro da lista a testemunhar para defesa do ex- deputado Cunha. Os depoimentos seguem com o deputado José Saraiva Felipe (PMDB-MG), às 10h30 e José Múcio Monteiro, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), presta depoimento às 10h40.

A última testemunha da defesa de Eduardo Cunha deve ser ouvida às 14h, provavelmente por conta de um intervalo previsto na sessão. Quem será ouvido é o ex- ministro do turismo nos governos de Dilma Rousseff e Michel Temer, Henrique Eduardo Lyra Alves. Todas as testemunhas serão ouvidas pro vídeoconferência.

Eduardo Cunha está preso em Curitiba, na carceragem da Polícia Federal desde o dia 19 de outubro. Ele é acusado de receber propina em contratos de exploração de Petróleo da Petrobrás e de usar contas na Suíça para lavar dinheiro.

A defesa do ex-deputado nega as acusações. Os procuradores do Ministério Público Federal mantém a prisão alegando que há possibilidade de fuga dele para o exterior, onde o ex-parlamentar teria recursos escondidos.