Operação Lava Jato
Compartilhar

OAS terá que prestar contas sobre palestras de FHC

Em ofício expedido nesta segunda-feira (21), o juiz da Lava Jato, Sergio Moro, deu prazo de 20 dias para que a empreitei..

Jordana Martinez - 21 de novembro de 2016, 15:20

Em ofício expedido nesta segunda-feira (21), o juiz da Lava Jato, Sergio Moro, deu prazo de 20 dias para que a empreiteira OAS informe se contratou palestras de outros ex-presidentes da República, além de informar os valores e os eventos realizados. Moro também quer saber se foram feitas doações para institutos mantidos por ex-presidentes.

"a) se contratou palestras de outros ex-Presidentes da República do Brasil  e, caso seja positiva a resposta, indique os eventos e valores envolvidos; b) se fez doações a institutos mantidos por outros ex-Presidentes da República do Brasil ou à entidades a eles relacionadas e, caso seja positiva a resposta, indique datas e valores envolvidos", diz o documento.

O pedido foi feito pela defesa de Lula na ação penal em que o MPF acusa o ex-presidente de receber R$ 3,7 milhões em propinas da OAS entre 2006 e 2012.

Palestras de FHC

Entre 2011 e 2014, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso realizou uma série de palestras para empreiteiras Odebrecht, Andrade Gutierrez e Camargo Correa, investigadas pela Lava Jato. Os valores chegariam a R$ 27 milhões.

Na época em que as informações viera a tona, em junho de 2015, ele foi questionado sobre qual a diferença entre os pagamentos feitos a Lula, e afirmou: "A minha palestra eu dou e vocês assistem...  aqui o recurso é para fazer o que nós estamos fazendo –não tem nenhuma relação com política, partido", disse Fernando Henrique.