Comprar ou alugar

Renato Follador


Amigos ouvintes, volto hoje com meu papo diário com vocês. O que me dá muito prazer, pois adoro poder orientar, educar e conscientizar sobre as oportunidades e as armadilhas das finanças pessoais e da previdência.

Hoje, uma reflexão: o brasileiro copiou do americano a cultura do ter. Ter a casa própria, ter o carro próprio, até para ostentar.

Vamos usar o exemplo do carro. Pensem num carro de R$ 100 mil. Você compra, anda uma quadra e consulta a FIPE. Ele já vale R$ 15.000,00 a menos, pois não é mais zero.

Aí você paga 3,5% de IPVA, mais R$ 3.500,00. E tem que fazer o seguro: mais uns R$ 4.000,00 para um carro desse valor.

Durante o ano, você vai pagar a primeira revisão de uns R$ 1.000,00.

Vamos imaginar que dos R$ 100 mil, você financiou metade: R$ 50.000,00 a 1% ao mês, você paga, por mês, R$ 4.442,00.

Resumo: somando tudo, para ter um carro zero você vai desembolsar R$ 76.800,00 num ano. Isso mesmo, R$ 76.800,00, que dividido por 12 dá R$ 6.400,00 por mês.

Agora, você sabe quanto custa para alugar um carro zero de R$ 100 mil por mês?

Resposta: R$ 2.000,00, 3 vezes menos do que comprar. E você vai andar sempre de carro zero e sem as preocupações de quem compra.

Ah, e se aplicar os R$ 50.000,00 da entrada a uns 0,4% ao mês, terá um rendimento extra de R$ 200,00 mensais, o que ajuda a pagar o aluguel do carro.

Isso não é opinião. É matemática.

Previous ArticleNext Article