Financiar agora

Renato Follador


Olha aí pessoal, vocês sempre me ouviram criticar comprar imóveis como fonte renda na velhice e, inclusive, como investimento de longo prazo. O imóvel se deteriora, não podemos garantir que, no longo prazo, sua localização ainda seja privilegiada, há despesas com imobiliária, períodos desocupados e principalmente o imposto de renda sobre o aluguel.

Assim, imagino que podemos nos dar ao luxo de ter somente um imóvel e rigorosamente do tamanho de nossas necessidades para viver bem.

Também defendi muito, em períodos de taxas de juros estratosféricas, morar de aluguel no início da vida a dois, investir o dinheiro até que se pudesse dar uma entrada substanciosa, e só então adquirir um imóvel financiado.

Pois bem, a economia mudou radicalmente, temos a menor inflação e a menor taxa de juros da história, quem seria eu para me agarrar às minhas convicções de tanto tempo atrás.

Aliás, tem uma frase do geógrafo Milton Santos brilhante em que ele diz: “graças a Deus vivi muito tempo para mudar de opinião várias vezes”.

Pois é, há 3 anos, quem comprava uma casa própria, pagava juros de 12% ao ano. Hoje, com 7% de juros, paga quase a metade em 30 anos.

Como dificilmente os juros vão recuar, esse é o melhor momento para adquirir casa própria financiada. Mesmo para quem está começando a vida.

Quem imaginaria que eu estaria indicando isso?

Aliás, para os que não sabem poupar, é o melhor momento para comprar qualquer coisa financiada.

Previous ArticleNext Article