Minhas certezas

Renato Follador


Dizem que sou especialista em futuro. Isso não quer dizer que sou vidente, que tenho a capacidade de prever o porvir.
Mas minha experiência de 32 anos trabalhando com previdência e finanças pessoais me colocou em contato com milhares de processos de envelhecimento e de como as pessoas passaram por eles.
Algumas certezas dessas observações:
1º. Se tudo der absolutamente certo na nossa vida vamos envelhecer, e isso é maravilhoso, pois a alternativa é morrer jovem;
2º. A longevidade é crescente, mas não adianta ter mais vida sem ter qualidade de vida, e isso se constrói desde jovem cuidando do corpo, da mente e da alma;
3º. Nunca mais o governo brasileiro vai poder pagar aposentadorias elevadas, daí o alerta para contarmos com, no máximo, 3 salários do INSS;
4º. Inevitavelmente, o brasileiro vai precisar de previdência privada para manter o padrão de vida na velhice e para pagar um bom plano de saúde;
5º. Previdência privada é um investimento de longo prazo, portanto, devemos prestar a atenção na solidez da instituição a quem vamos entregar nosso futuro, na rentabilidade dos investimentos e na taxa de administração cobrada. Além disso, a carteira de investimentos tem que ter renda variável, ações;
6º. Não podemos parar por completo após a primeira aposentadoria, pois o trabalho retarda a morte e as doenças degenerativas.
Por fim, devemos viver cada dia como se fosse o último…pois um dia será mesmo.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="524850" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]