Nunca recuar

Renato Follador


Quanta tristeza, quanto desânimo, quanta desesperança!

Para todos que sofrem com essa pandemia que parece jamais passar, trago uma palavra de otimismo e fé, pois creio, sinceramente, que as coisas já estão a mudar.

Na nossa vida, na economia, na história dos povos e nações o que mais se observa são ciclos de avanços e retrocessos.

Mesmo na natureza, que é a maior demonstração de harmonia, constância e equilíbrio, temos exemplos desse vai e vem permanente e das mensagens que devem ficar em nossa mente.

É o sol se esconde quando a lua quer brilhar e o sol que brilha quando ela vai descansar.

É cada onda do mar que devolve tudo que ousa levar, afinal não tem intenção de roubar o que em terra deve ficar.

É a mesma árvore que seca no inverno, floresce na primavera, atinge a plenitude no verão, troca as folhas no outono, e volta a recomeçar tudo de novo, em novo inverno, sem nunca relutar.

Que a natureza idealizada por Deus te mostre o que se deve enxergar, que te dê asas para voar e nos sonhos te ajude a pousar. Mas, também, que te mostre a realidade que terás que enfrentar sem nunca, por nada, recuar. 

Que os momentos difíceis te ensinem sobre a dignidade, sobre a força e a fragilidade, sobre a coragem e a honestidade.

Porque um dia, lá na frente, verá que tudo teve uma razão de ser e quando envelhecer possa dizer que tua maior felicidade foi viver.

 

 

 

Acompanhe meus comentários diários também nas redes sociais @orenatofollador e nos Podcasts da Apple, Spotify e Deezer.

Previous ArticleNext Article