O velho e o idoso

Renato Follador


Cópia de Onde me aposentei

 

Pratico yoga há 22 anos e sempre acreditei que a idade está na mente e não no nosso corpo.

Muita gente tem horror a envelhecer, embora a alternativa a isso seja morrer jovem.

Também acho que há uma diferença brutal entre ser idoso e ser velho.

Este ótimo texto de Jorge Nascimento sintetiza o que penso.

Idoso é quem tem muita idade; velho é quem perdeu a jovialidade.

O idoso tem sonhos; o velho só saudades.

Idoso é quem se exercita; velho é quem apenas descansa.

Você é idoso quando se pergunta se vale a pena; é velho quando, sem pensar, responde não.

O idoso se une aos jovens para senti-los e orientá-los; o velho evita-os para só criticá-los.

As rugas do idoso são bonitas, marcadas pelo sorriso da esperança; as rugas do velho são feias, pois vincadas pela amargura.

A idade causa degenerescência das células; a velhice a do espírito.

Para o idoso, o dia de hoje é o primeiro do resto da vida; para o velho todos os dias parecem o último de uma longa jornada.

O calendário do idoso só tem amanhã; o do velho só tem ontem.

Idoso e velho tem a mesma idade no cartório, mas idades diferentes no coração.

Que você idoso viva uma vida longa, mas nunca fique velho.

 

 

 

Acompanhe meus comentários diários também nas redes sociais @orenatofollador e nos Podcasts da Apple, Spotify e Deezer.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="766043" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]