Os opostos se atraem

Renato Follador


Cópia de OS OPOSTOS SE ATRAEM.

 

Os opostos se atraem.

A frase de nossos avós incorporou-se à nossa cultura.

Se faz parte da cultura é porque é fato comprovado através do tempo.

A atração, em se tratando de pessoas, pode ser explicada pela complementaridade. Um vê no outro uma forma oposta de ser e, talvez uma oportunidade de, adotando as virtudes alheias, se tornar mais completo, evoluindo.

Ocorre que, diante de tantas diferenças, a convivência é muito difícil- em alguns casos, eu diria cármica- porque é você mudar muito na sua forma de analisar, de se comportar e de agir. Conflitos são permanentes e divórcios, sejam matrimoniais ou comerciais, são frequentes.

Os opostos se atraem, mas, em muitos casos, não duram.

Eu prefiro outra frase: “os dispostos se atraem”, e estes sim, têm tudo para durar.

Fiz esse comentário por imaginar o quão difícil é conviver com gente que pensa diferente da gente. Especialmente quando esses diferentes têm o poder sobre uma nação.

Imaginem a convivência de um Presidente conservador com um Ministro da Economia liberal.

São tantas diferenças, que esse é um casamento que tem data para acabar. E provoca inércia, a perda do timing de se fazer as coisas, da oportunidade de mostrar unidade nas políticas públicas e da visão estratégica de onde querem chegar.

Por isso, presto atenção nas equipes governamentais e garanto: sucesso é só quando “os dispostos se atraem”.

 

 

Acompanhe meus comentários diários também nas redes sociais @orenatofollador e nos Podcasts da Apple, Spotify e Deezer.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="758672" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]