Pague menos imposto

Renato Follador


Imposto, como o próprio nome diz, é algo colocado goela abaixo ou bolso adentro.

Se é obrigatório é porque as pessoas, espontaneamente, não pagariam.

No Brasil existem formas legais de não pagar imposto de renda. Sobre investimentos, por exemplo. 

Na caderneta de poupança não tem imposto, mas é muito ruim. Rentabilidade negativa.

As Letras de Crédito também, os fundos imobiliários idem, mas aí você concentraria teus investimentos.

Só há uma maneira de você ter boa rentabilidade, diversificação de investimentos e não pagar impostos: aplicando na previdência privada.

Como interessa ao governo que o cidadão invista para o longo prazo, pois isso gera recursos para investimentos em infraestrutura, em indústrias e projetos que exigem longo prazo de maturação para começar a dar lucros, o governo estimula esses investimentos. E isso é muito significativo, muito melhor do que aplicar nos populares fundos de investimento que, a cada seis meses, tem imposto, o chamado come-cotas.

Vejam, amigos, quem aplica num fundo de pensão tem duas vantagens: primeiro, o que investir pode ser abatido até 12% da renda anual já na Declaração do ano seguinte. Segundo, na fase de investimento há isenção de IR.

Bom né, mas o prazo está acabando. Você tem só até 31/12 para investir e abater na Declaração de 2.021.

Pergunta: por que dar dinheiro para o governo federal, que gasta mal, se pode guardar em teu nome num fundo de pensão que aplica bem?

 

 

 

Acompanhe meus comentários diários também nas redes sociais @orenatofollador e nos Podcasts da Apple, Spotify e Deezer.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="732309" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]