Quanto poupar para a aposentadoria

Renato Follador

Sempre me perguntam quanto poupar numa previdência privada para manter o padrão de vida na aposentadoria.

Bem, são muitas variáveis: o período de contribuição, a idade de aposentadoria, a taxa de juros reais da aplicação das contribuições, a taxa de administração financeira dos investimentos e a expectativa de sobrevida, sendo estas as principais.

Como parece- e é- complexo, vamos dar uma dica depois de feitas todas essas contas.

Imaginem alguém se aposentando aos 65 anos- é, menos que isso, com a longevidade atual, é dar espaço para as doenças degenerativas chegarem. Nessa idade, segundo as mais modernas tábuas demográficas, a expectativa é de viver, em média, 21 anos recebendo aposentadoria, o que, convenhamos, é um bom tempo sem fazer nada.

Pois bem, fiz os cálculos para quem começa a contribuir com 25 anos e fui aumentando de 5 em 5 anos até para quem começa bem mais tarde, aos 50 anos, e que teria somente 15 anos de contribuições até os 65 anos.

Quem começa aos 25 anos deve separar 11% do salário líquido para receber exatamente o último salário como aposentadoria inicial.

Quem começa aos 30 anos, 15%. Quem começa aos 35 anos, 20%. Quem começa aos 40 anos, 29%.

Já para quem começa aos 45 anos, 41,5%.

E, finalmente, para quem começa aos 50 anos, sem nunca ter contribuído antes, 63%.

Perceberam, quanto antes começar, mais barato, pois, além do número maior de contribuições, tem mais juros incorporados à poupança previdenciária.

Previous ArticleNext Article