Ser Mais

Renato Follador


O coronavírus pode fazer a humanidade refletir sobre comportamento neste mundo moderno.

O primeiro benefício do vírus é nos fazer voltar para casa ao invés de sair para a rua.

Eu pergunto: sair para a balada ou para jantar fora 3,4 dias por semana é mesmo um bom programa? Você já pensou em curtir mais a tua casa e a família, em adotar o hobby da culinária e reunir a família e amigos em volta da mesa?

Há quanto tempo não dialogamos pessoalmente, não abraçamos os familiares, não escutamos os amigos?

No mesmo diapasão, é mesmo necessário estar todo mundo junto no mesmo ambiente de trabalho, se para nos comunicarmos com o colega ao lado usamos o email? Despesas desnecessária para empresas, com gastos com locação, iluminação, refrigeração, manutenção, e mesmo para empregados que tem que se deslocar para o trabalho e se alimentar, muitas vezes mal, fora de casa.

Afinal, o resultado de uma vídeo-conferência ou de um call não é o mesmo, evitando deslocamentos, que fazem as pessoas gastarem tempo e dinheiro em trajetos longos para conversarem por 1 ou 2 horas?

O que é mais importante: entregar produtos e serviços contratados no prazo certo ou ficar sentado numa cadeira, cumprindo horário, 8 horas por dia?

Olha, a vida é muito curta para desperdiçarmos tempo e dinheiro com convenções e costumes do século passado.

Hoje, a fórmula da felicidade é valorizar o tempo, estar mais com os nossos, ser mais e gastar menos para viver melhor.

Previous ArticleNext Article