Sonhar não custa nada

Renato Follador

Tem gente que sonha adormecendo, tem gente que sonha adormecido, tem gente que sonha acordado.

Um amigo meu espanhol diz que a maioria dos sonhos se roncam. Ou seja, não se tornam realidade, pois não somos perseverantes e sequer lembramos deles no dia seguinte. São os sonhos de quem sonha adormecendo ou adormecido.

Agora, cuidado com os sonhos de quem sonha acordado! Estes são fonte das grandes descobertas científicas, dos avanços gerais da humanidade e das maiores conquistas pessoais.

A verdade é que antes de toda grande realização há um sonho. Tudo que mais admiramos nos outros e no mundo nasceu de um sonho.

A liberdade e a democracia, a chegada do homem à Lua, as Pirâmides, qualquer idéia, obra ou feito, em qualquer época, teve como embrião um sonho.

Por isso, amigo ouvinte, dedique-se um pouco a sonhar. A construir mentalmente as metas que deseja alcançar. Não custa nada. E nunca é perda de tempo mas, sim, economia de tempo para atingir nossos objetivos.

Sonhos são bens que todos podemos possuir e ótimos companheiros de viagem nessa estrada chamada vida.

E nunca se afaste de seus sonhos, pois se eles se forem, você continua vivo, mas terá deixado de existir.

Por fim, se quiser ser grande sonhe com a mesma intensidade.

O homem tem a exata estatura dos seus sonhos.

Previous ArticleNext Article