Retirada das praças de pedágio, proposta por Romanelli, é bem recebida no Paraná

Deputado Romanelli defende retirada das praças de pedágio por entender que elas podem provocar acidentes já que estão desativadas.

Pedro Ribeiro - 21 de abril de 2022, 08:15

Foto/Divulgação
Foto/Divulgação

 

A proposta da retirada das praças de pedágio, proposta pelo deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD), das rodovias que cortam o Paraná tem ganhado apoio no estado inteiro.

Nesta quarta-feira, 20, em Ponta Grossa, o jornalista João Barbiero, no programa Manhã Total da Rádio Lagoa Dourada, classificou a proposta do deputado como "excelente e fantástica". “Romanelli é um guerreiro nesta questão do pedágio e parabéns a ele pela sugestão de colocar um fim nestas praças de pedágio”, disse o diretor do grupo D`Ponta (revista, rádio e portal de notícias).

Romanelli diz que as estruturas (praças de pedágio) não tem mais serventia. "Desde que o governador Ratinho Junior determinou o fim da cobrança do pedágio até que se faça licitação para o novo modelo. Estas praças, desativadas, estão provocando acidentes e colocando em risco a vida das pessoas”.

Recentemente, um motorista de caminhão morreu ao bater a carreta que dirigia na mureta da praça de pedágio de São Luiz do Purunã na BR-277. Outros usuários das rodovias já sofreram acidentes devido à falta de iluminação nesses locais, hoje abandonados