Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Governador quer relatório sobre situação de todas as barragens no Paraná

 O governador Carlos Massa Junior determinou ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Mineropar, Copel e Sane..

Pedro Ribeiro - 28 de janeiro de 2019, 13:01

Foto: Rodrigo Félix Leal / Divulgaçãpo
Foto: Rodrigo Félix Leal / Divulgaçãpo

 

ANÚNCIO

O governador Carlos Massa Junior determinou ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Mineropar, Copel e Sanepar, que façam imediatamente um levantamento sobre o número de barragens existentes no Estado e como são monitoradas. São barragens para a geração de energia, captação de água e até mesmo açudes para criação de peixes e pequenos reservatórios na área rural. O governador não quer ser responsabilizado por negligência em caso do rompimento de uma dessas barragens e, pelo que se tomou conhecimento no Palácio Iguaçu, quer o relatório ainda nesta segunda-feira.

Correto, o governador Ratinho Junior que vem se solidarizando com as famílias das vítimas de Brumadinho, em Minas Gerais, onde o número de mortos pelo rompimento da barragem de dejetos poderá ultrapassar a 200 pessoas. O Governo do Estado enviou uma equipe de bombeiros para ajudar no resgate de corpos.

Itaipu, uma das maiores represas do mundo não corre nenhum risco de rompimento. Informações de técnicos da Itaipu Binacional, com bases em relatórios e protocolos, sustentam que a represa garante uma vida útil de 300 anos e sua estrutura é considerada como um das mais seguras do mundo. Construída de 1975 a 1982, a Itaipu é segura tanto no trecho de concreto, onde estão as turbinas e o vertedouro, como no trecho de enrocamento, composto por terra e rochas. A estrutura é monitorada, em tempo real, por ampla rede de sensores..