100 milhões de brasileiros não possuem rede de esgoto

Pedro Ribeiro

Saneamento Básico Senado Privatizações

Não é surpresa, mas podemos dizer que se trata de descaso na área social com a camada fina da sociedade. Mais de 100 milhões de brasileiros – metade da população – vivem sem acesso à rede de esgoto. Apenas 83% da população são atendidos com serviço de água tratada. Os dados são do Sistema Nacional de Informações (SNIS).

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional apenas 54,1% da população são atendidos com rede de esgoto. Em 2018, o índice era de 53,2%. Somente 49,1% do esgoto é tratado.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, disse que a aplicação de recursos públicos no período de um ano no saneamento representa entre R$ 5 bilhões e R$ 6 bilhões por ano, muito distante da necessidade do setor, que precisaria de R$ 60 bilhões a R$ 70 bilhões anualmente.

“É uma distância superlativa que precisa ser alcançada, só ocorrerá com a instrumentalização das ferramentas que temos em mãos, desde a performance das carteiras, como do BNDES e da Caixa, o estímulo aos consórcios que está no marco legal, mas também buscando novas alternativas de financiamento e estruturação de projetos”, afirmou Marinho.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal