A importância do análise de um texto antes de lançar criticas

Pedro Ribeiro

redes sociais pesquisa

 

 

Todas as pessoas, dentro ou não de um regime democrático, têm o direito de se manifestar publicamente, pois é o que reza a Constituição nos capítulos de defesa dos direitos do cidadão. Com as redes sociais, no entanto, está havendo uma banalização na produção de conteúdo crítico, muitas vezes sem pé e cabeça e sem escrito apenas com o objetivo de contestar, tipo, se há governo sou contra. Se o tema é em relação ao Bozo, sou contra, igualmente ao Lula.

Parece que todos, com este avanço tecnológico na área da informação, querem colocar seu nome ali, no Face ou no Instagran, muito mais para se aparecer, do que contribuir com soluções aos problemas do país. São poucas as manifestações e mesmo artigos com conteúdos positivos e há uma enxurrada de bobozeiras que chegam a irritar.

Antes que critiquem, quero dizer que sou favorável a qualquer tipo de manifestação, mas gostaria que, pelo menos, fossem inteligentes, porque do jeito que a coisa caminha, haverá um momento em que poucas pessoas abrirão o Face, Instagran e outras ferramentas da Internet para ver os conteúdos, dado à pobreza do que ali são jogados aleatoriamente.

Não digo isso apenas em relação às pessoas leigas que não tem uma noção de jornalismo, mas que se manifestam publicamente, que dão sua opinião, mas também a profissionais da imprensa que pecam com seus editoriais engajados politicamente que chegam a arder os olhos e doer a alma.

Os brasileiros têm que se manifestar, sim, mas com inteligência. Que as postagens sobre família, amigos, pescarias, bebedeira, futebol, fiquem restritas aos seus grupos e não à toda a sociedade.

Muitas vezes nós, da imprensa, publicamos, por exemplo, uma notícia, um editorial, uma pesquisa e somos criticados, massacrados pelos falsos inteligentes das redes sociais ,como se fossemos os responsáveis por isso, só porque, de uma certa forma, não vai ao encontro das intenções desse ou daquele político.

Lamento quando vejo uma manifestação irada contra um artigo de opinião ou mesmo uma pesquisa, onde o internauta passa a condenar o jornal e o jornalista que publicou sem, contudo, analisar os fatos publicados, sem ter uma noção de interpretação de dados, de números e muito menos conhecimento sobe o assunto. Mas critica e lamentavelmente não contribui com nada.

O Brasil precisa ser inteligente. Pessoas inteligentes, têm.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal