A morte prematura do jovem político Phelipe Mansur

Pedro Ribeiro


A morte trágica do jovem Phelipe Mansur, um dos braços direitos do secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Guto Silva, surpreendeu os meios políticos do Estado nesta tarde de segunda-feira.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior lamentou a morte do, um dos cotados como pré-candidatos à Prefeitura de Foz do Iguaçu. Morreram também no mesmo acidente, na região de Teixeira Soares, Centro-Sul do Estado, os servidores João Ricardo Schneider e Paulo Rogério da Cruz, também lotados na Casa Civil.

“Muito triste perder um amigo numa situação tão trágica. Perdemos nós, que convivemos com um jovem cheio de energia, e perde o Estado, pois Mansur era uma liderança política destacada. Mas, mais do que tudo, perde a família, a quem desejamos nossos votos de solidariedade, de muita força e de fé. Que Deus proteja a todos, e abençoe a cada um que neste momento sente a imensa dor de uma perda tão inesperada”, afirmou Ratinho Junior. “Nossos votos de amparo e condolências se estendem também aos familiares do João Ricardo e do Paulo Rogério”.

Este é um dia carregado de tristeza e muita dor no coração. Um trágico acidente na BR-277 levou três grandes profissionais e amigos que trabalhavam todos os dias conosco aqui na Casa Civil: o Superintendente de Governança Social, Phelipe Mansur, o assessor da Casa Civil, João Ricardo Schneider e nosso motorista Paulo Rogerio da Cruz. O sentimento é de desolação. Na minha memória ficarão guardadas características maravilhosas de cada um deles, a simpatia e o sorriso do Mansur, a dedicação e as análises precisas de temas importantes feitas pelo João Ricardo e o homem trabalhador e atencioso que o Paulo era. A essas três famílias ofereço meu respeito, o meu ombro amigo e o meu agradecimento por ter nos cedido esses grandes profissionais, forças da Casa Civil que se dedicaram tanto ao Paraná. Que Deus os receba de braços abertos e conforte as famílias. (Guto Silva).

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.