A paternidade contra o tiro do governo nas micro e pequenas empresas

Pedro Ribeiro


 


Esta semana, o agito na Assembleia Legislativa foi por conta do dono da paternidade sobre as críticas ao Projeto 557/2017 do Governo do Estado sobre possíveis reajustes nos impostos para micro e pequenas empresas. Enquanto o deputado Requião Filho tentava minimizar os efeitos do projeto e garantir os direitos dos micro e pequenos empresários, com a apresentação de nada menos do que nove emendas para modificar o dispositivo do texto original, a bancada do PSD, liderada por Ratinho Junior, caminhava no mesmo sentido.

Na terça-feira, a matéria foi retirada do plenário porque, supostamente, a equipe do PSD teria perdido prazo para a apresentação de mudanças para evitar os reajustes. Recebi da assessoria do deputado Requião Filho (PMDB), farta documentação dando conta de que foi ele quem realmente protocolou as emendas para impedir que o projeto do Executivo viesse a ser aprovado com possíveis danos às micro e pequenas empresas. Vale ressaltar, que tanto a equipe de Requião Filho quanto de Ratinho Junior têm propostas semelhantes e todas vão ao encontro dos interesses da classe produtiva de menor porte, o que dará sustentação à economia com emprego e renda a todos.pedro.ribeiro

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal