Ações no TSE julgam amanhã (26) cassação da chapa Bolsonaro-Mourão

Pedro Ribeiro


Nós sabemos do resultado, embora o julgamento das ações só acontecerá amanhã. Não vai dar em nada. O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, marcou para esta terça-feira (26) o julgamento de duas ações que pedem a cassação da chapa Bolsonaro-Mourão. O próprio Mourão já disse que “não vai dar em nada”.

O assunto é velho e acaba de ser requentado para colocar ais gasolina no fogo com objetivo de atrapalhar os planos de Bolsonaro que acaba de adotar uma medida populista, distribuindo dinheiro para todo mundo, ou seja, R$ 400 de “auxilio família”.

Os processos são referentes a uma suposta contratação de serviço de disparos em massa de faknews durante a campanha eleitoral de 2018.

As duas ações, protocoladas pela coligação O Povo Feliz de Novo (PT, PCdoB e Pros), pedem a cassação da chapa por abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação. O TSE utiliza as mesmas provas apuradas em inquéritos sobre “milícia digital” que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF).

Os inquéritos no STF investigam organização criminosa “de forte atuação digital, dotada de núcleo político, de produção, de publicação e de financiamento, cujas atividades teriam tido continuidade após as Eleições 2018 e avançado até a campanha de 2020 em diante”.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="798874" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]