Afinal, Lula será ou não, preso dia 26?

Pedro Ribeiro


Embora o site Antagonista sustente que o desembargador Gebran Neto colocará o último recurso de Lula em julgamento na segunda-feira 26 e, como com os embargos de declaração não alteram a sentença, a prisão do ex-presidente será confirmada e caberá a Sergio Moro a ordem final – que poderá sair no mesmo dia. Já o Diário do Poder, do jornalista Cláudio Humberto, diz que é apenas boato a prisão do ex-presidente Lula na segunda (26), data do julgamento dos seus embargos de declaração no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

O ex-executivo da Engevix Gerson Almada teve os embargos julgados em 25 de janeiro, mesmo dia do julgamento dos recursos do ex-presidente Lula, mas a prisão dele somente seria decretada nesta segunda (19), exatos 53 dias depois.

Para mandar Lula cumprir sua pena, Sérgio Moro precisa tomar conhecimento, no processo, do fim do caso no TRF-4. Isso leva tempo. Se o juiz Sérgio Moro usar tempo idêntico ao do caso Gerson Almada, a prisão de Lula pode ocorrer em torno do dia 17 de maio. A decisão sobre a prisão de Lula caberá a Sérgio Moro, como ocorreu a Gerson Almada, porque ele é o juiz original do caso. O ex-presidente começará a cumprir em penitenciária do Paraná a sua pena de 12 anos e um mês de prisão, em regime fechado.

Caravana

Enquanto tudo se decide no STF, Lula está em caravana, visitando o Rio Grande do Sul. E foi do jornalista Reinaldo Bessa, da Gazeta do Povo, a informação de que o ex-presidente está em viagens no Sul com jatinho da empresa paranaense Helisul tendo, a bordo, a senadora Gleisi Hoffmann.

 

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="511474" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]