Sintonia Fina
Compartilhar

Alcolumbre torra dinheiro do contribuinte na reforma da casa

 Parece que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, vem fazendo justamente o contrário do que um parlamenta..

Pedro Ribeiro - 08 de janeiro de 2020, 09:01

Marcos Oliveira/Agência Senado
Marcos Oliveira/Agência Senado

 

ANÚNCIO

Parece que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, vem fazendo justamente o contrário do que um parlamentar deveria fazer no comando de uma instituição como o Senado Federal: gastando dinheiro do povo em luxo pessoal. O jovem parlamentar, de primeiro mandato no Senado, tomou gosto pela mordomia sem se importar com as ações de combate à corrupção e economia de dinheiro.

Nada republicano, Alcolumbre gasta dinheiro publico para transformar a residência oficial do Senado praticamente em uma casa de veraneio, com uma área de lazer com churrasqueira, piscina, campo de futebol, serviço de paisagismo chique e quadra poliesportiva.

Segundo denúncia do Diário do Poder, as reformas no espaço de lazer, sem nenhuma utilidade para o trabalho, consumiram R$ 23 mil. Tudo mantido longe do Portal de Transparência.

ANÚNCIO

Alcolumbre se beneficia dos gastos “quase secretos”. Torrou mais de R$ 18 mil para reformar a churrasqueira da residência oficial. O dinheiro do otário do contribuinte deve estar sobrando, na concepção de Alcolumbre: ele mandou instalar ate ar condicionado para a cozinha.

Já Flavio Bolsonaro (RJ) mandou instalar, ao custo de R$16 mil, cinco aparelhos de ar condicionado em seu apartamento funcional.

Passam de R$90 mil cada, as obras nos gabinetes dos senadores Simone Tebet (MDB-MS) e Luís Carlos Heinze (PP-RS). (Informações do jornalista Cláudio Humberto).