Alvarás e a burocracia da capital moderna

Pedro Ribeiro


Enquanto o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, comemora os 325 anos da capital pelos quatro cantos da cidade, a Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas- Abrabar – diz que é preciso modernizar as leis de uma cidade moderna como passo importante para uma Curitiba do futuro e que a categoria não tem nada para comemorar, lamentando o desemprego e os prejuízos causados por falta de licenças e alvarás. Fábio Aguayo, presidente da entidade pergunta: “até quando Prefeitura Municipal de Curitiba? e lamenta: só temos burocracia e atrasos”.

Recentemente, a entidade encaminhou ao Ministério Público do Paraná, à Procuradoria Geral da Justiça, Tribunal de Contas, Ouvidoria Municipal e à Câmara de Vereadores, pedido no sentido de agilidade, por parte da Prefeitura Municipal, nos pedidos de liberação de alvarás, na mesma proporção em que o prefeito Rafael Greca exige na fiscalização, como aconteceu na Operação Balada Segura. De acordo com Aguayo, os pedidos de alvarás “demoram um tempo exagerado para serem renovados ou concedidos”.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal