Apoio à reforma da Previdência reúne o setor de transporte de cargas no Palácio Iguaçu

Pedro Ribeiro

 

O presidente da Federação das Empresas de Transportes de Cargas do Estado do Paraná (Fetranspar), coronel Sergio Malucelli, acredita que haverá perto ou mais de 100 caminhões neste domingo, a partir das 14 horas, estacionados em frente ao Palácio Iguaçu. “Não se trata de protesto, mas uma manifestação de apoio ao ministro da Economia, Paulo Guedes, na condução do projeto de reforma da Previdência”, disse Malucelli

Para o empresário, “a Previdência é a primeira das reformas que darão aos investidores internos e externos, condições e credibilidade para investimentos, geração de renda e emprego. Ela será uma alavanca para a retirada do país da crise e para o crescimento e desenvolvimento”, observou. “Precisamos de investimentos do exterior para nossa precária infraestrutura”, observou.

Segundo Malucelli, estão confirmados em torno de 100 caminhões, o “suficiente para demonstrarmos o apoio a governabilidade, enfim, todos votaram neste governo e seus programas”. São empresários voluntários e preocupados com a letargia que assola nosso país face a demora de importantes reformas como a previdência, tributária e outras, disse.

O setor empresarial do transporte de cargas emprega 320 mil pessoas diretamente, fora os empregos indiretos como os ligados a oficinas , concessionárias e revendas de veículos.

Malucelli informa que 7% do PIB paranaense vem da participação do transporte rodoviário de cargas, sendo que 65% de tudo que se produz é movimentado pelo setor: “o avião não chega na farmácia, o trem não chega no supermercado e o navio não chega no fazendeiro…tudo é realizado pelo Transporte Rodoviário de Cargas”.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.