As artimanhas de Romanelli para Richa reinar absoluto

Pedro Ribeiro

 

As articulações políticas de bastidores no Paraná com vistas às eleições para o Governo do Estado são de fazer Maquiavel se virar no túmulo. Para não dizer, o verdadeiro samba do crioulo doido. O representante florentino no Palácio Iguaçu, deputado Luiz Claúdio Romanelli, exagerou na inteligência ou no delírio nesta semana, quando vazou suas artimanhas para puxar o candidato pedetista, ex-senador Osmar Dias, para o PSB que tem linha direta com o governador Beto Richa (PSDB).

O prazo para Osmar Dias se filiar ao PSB é primeiro de março. Como ele decide rápido, portanto, a qualquer momento.

A ponta do fio da costura de Romanelli está no colo do governador Beto Richa. Se o grupo palaciano se aliar a Osmar Dias, mesmo com o PSB dando palanque para o candidato à Presidência da República, o irmão, senador Alvaro dias (Podemos), Richa elimina Osmar do Senado e ainda enfraquece o também candidato – não se sabe ao que ainda, governo ou senado – senador Roberto Requião.


Com três partidos nas mãos – PP de Cida Borghetti, PSD de Ratinho Júnior e PSB (com Osmar Dias), o governador reinará sozinho na sua candidatura ao Senado. Ao que parece, Richa não quer ser apenas senador, mas o senador mais votado, inclusive tentando passar Alvaro Dias que teve mais de 70% dos votos nas últimas eleições.

A trama de Romanelli não deixa de ser inteligente. Porém, para Richa estar à frente do gol e empurrar a bola para dentro, falta combinar com os beques. Neste caso, com Ricardo Barros que comandará a campanha da esposa, Cida Borghetti e ficaria com o espólio do governo, ou seja, perto de mil funcionários comissionados de Richa que trabalhariam para sua eleição ao Senado, mantendo o grupo. Também teria que combinar com o aliado do PSD, Eduardo Sciarra, que comanda a campanha de Ratinho Junior.

Este limão, escolhido pelo Romanelli para fazer uma deliciosa limonada, pode provocar, também, uma baita diarréia. pedro.ribeiro

Post anteriorPróximo post
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.
Comentários de Facebook