Sintonia Fina
Compartilhar

Barros aposta na filha e já vê a esposa, Cida Borghetti, governadora

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, que acompanhou a filha, a candidata do PP à Prefeitura de Curitiba, Maria Victória,..

Pedro Ribeiro - 02 de outubro de 2016, 16:10

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, que acompanhou a filha, a candidata do PP à Prefeitura de Curitiba, Maria Victória, na votação, no Colégio Positivo Junior, já aposta em coligações políticas futuras com vistas ao Governo do Estado em 2018. Disse acreditar na vitória da filha e foi mais contundente ao afirmar que a esposa, Cida Borghetti, vice-governadora, vai assumir o governo com a saída de Beto Richa que disputará o Senado. “Cida assumirá o governo e certamente será reeleita, porque quando é natural quando se está com a máquina em qualquer processo eleitoral”.

Já o juiz federal, responsável pelas ações de primeira instância da Operação Lava Jato, Sérgio Moro, votou às 10h 40min., na Sociedade Duque de Caxias, no bairro do Bacacherí. Em Curitiba. O único diferencial natado no homem que vem tocando o terror nos empreiteiros e políticos maus intencionados com o dinheiro público, era o uso de um boné da cor vermelha onde, inclusive, um jornalista perguntou se era para homenagear o PT, o que foi negado. As próximas duas palavras do juiz foram: nada a declarar.

ANÚNCIO

A senadora Gleisi Hoffman, que acompanhou o candidato do PT, Tadeu Venéri, voltou a criticar as instituições judiciais do país, afirmando que, embora tenha citada e, inclusive ré, em ação da Operação Lava Jato, ainda não teve a oportunidade de se defender.

O governador Beto Richa disse que não fez campanha a prefeitos do PSDB, inclusive para Greca, que tem o apoio do Palácio Iguaçu, para não confrontar com candidatos de outros partidos.pedro.ribeiro