Berrantes de um grande mico

Pedro Ribeiro

Bolsonaro vai ao STF para não indenizar profissional de saúde incapacitado por Covid-19

Jornalista e colaborador do Paraná Portal, com artigos de opinião, Alceo Rizzi faz uma análise do que poderá acontecer em Brasília e em grande parte das cidades brasileiras a manifestação programada por bolsonaristas para o 7 de Setembro.

Essa manifestação convocada para dia 7, em Brasília, pode acabar em um grande mico para o presidente. Principalmente se parte de seus alucinados sair do controle e partir para desordem e arruaça na manifestação que antes era convocada para dar espécie de ultimato ao Congresso Nacional e ao STF, para cassação de mandato de togados da Alta Corte, e servir de ameaça não tão velada de ruptura institucional. Com a forte reação de setores da Indústria e do sistema Financeiro, junto com outras mais de 200 entidades que representam a maior parcela do PIB do País e que prometem divulgar manifesto em defesa da democracia, presidente parece ter sentido o baque. Agora diz que a manifestação é em defesa da liberdade de expressão. Acabou ficando com o apoio apenas da banda podre do agronegócio é das hordas de sempre. Toca o berrante em contra-marcha, o que deve dar também certo alívio a militares que se mantém em silenciosa e hierárquica disciplina, mas que não passariam eventual recibo à insanidade. Não é o caso do vice, general Hamilton Mourão que nem sequer se importa com eventual exagerada retórica em declarar que tanto a Fiesp e a Febraban, duas das entidades que comandam o manifesto a ser divulgado, são, em suas palavras, dois pilares civilizatórios do País. Essa coisa de tocar berrante não tem dado muito certo.

Alceo Rizzi foi repórter de O Globo e diretor da Gazeta Mercantil

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="786951" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]