Boca Aberta na mira do Conselho de Ética da Câmara

Pedro Ribeiro


 

Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados ouve hoje testemunhas do processo em desfavor do deputado Boca Aberta (Pros-PR).

O PP apresentou duas representações (2/19 e 3/19) contra Boca Aberta alegando que o deputado “adotou procedimento incompatível ao decoro ao adentrar ambiente hospitalar sem autorização, expondo pessoas em rede social.”

As representações fazem referência a uma gravação, feita pelo parlamentar em hospital em Jataizinho (PR), na qual ele mostra um médico dormindo na sala de descanso dos funcionários.

Boca Aberta já apresentou defesa escrita ao Conselho de Ética em que afirma que “é garantido ao deputado o poder de fiscalizar e expressar opiniões”.

Testemunhas
O deputado Hiran Gonçalves (PP-PR) irá testemunhar a pedido do relator, deputado Alexandre Leite (DEM-SP).

Já o deputado Boca Aberta arrolou as seguintes testemunhas em seu favor:
– Alecsandro Félix da Silva;
– Maicon Rafael da Silva Bacili;
– Ary Antunes Júnior;
– Everton Luiz de Assis;
– Márcio Aurélio Elesbão;
– Marlos Wilton de Andrade; e
– Johann Victor de Almeida Santos.

As oitivas serão realizadas no plenário 11 a partir das 16 horas.

Na terça, às 14h30, o conselho tem nova reunião marcada.

 

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal