Bolsonaro defende Barros e afirma que tem credibilidade em seu governo

Pedro Ribeiro


“A honra dele é jogada na lama por pessoas que não têm credibilidade perante a opinião pública. A CPI deve ouvi-lo. Por que deixa-lo sangrando? É momento de inquirir e tirar informações dele”, defendeu Bolsonaro.

Ele reafirmou o apoio e a confiança no parlamentar. “Até agora não tenho nada contra o Ricardo barros. Não posso, por denúncias, afastar as pessoas. Tem que ter alguma materialidade. Ele continua no meu governo tendo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que não há provas contra o líder do Governo na Câmara, deputado Ricardo Barros, e que a CPI da Pandemia deveria ouvi-lo para esclarecer as suspeitas. As declarações foram feitas em entrevista à rádio Banda B de Curitiba, nesta quinta-feira (22).

“A honra dele é jogada na lama por pessoas que não têm credibilidade perante a opinião pública. A CPI deve ouvi-lo. Por que deixá-lo sangrando? É momento de inquirir e tirar informações dele”, disse Bolsonaro.

O presidente Bolsonaro reafirmou o apoio e a confiança em Ricardo Barros para tratar dos assuntos do Governo na Câmara.

“Não tenho nada contra o Ricardo Barros. Não posso, por denúncias, afastar as pessoas. Tem que ter alguma materialidade. Ele continua no meu governo tendo credibilidade para tratar dos assuntos”, declarou.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="777344" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]