Bolsonaro pede a donos de supermercados para segurarem preços

Pedro Ribeiro

Reprovação a Bolsonaro sobe a 51%, novo recorde do presidente, mostra Datafolha

 

O presidente Jair Bolsonaro manifestou preocupação com o aumento da inflação e pediu e pediu para donos de supermercados segurarem os preços de produtos da cesta básica. Isso se daria por meio da redução da margem de lucro. O presidente almoçou com empresários nesta quinta-feira no Rio de Janeiro.

O pedido do presidente foi revelado pelo filho Flávio Bolsonaro que participou do encontro. “Ele reconheceu o grande sacrifício que já fazem; (pediu para) se possível reduzir um pouco, ainda mais, a margem de lucro. Demonstrou preocupação específica com produtos da cesta básica”, apontou. “Porque a tendência, sabemos, é de aumentar o preço dos produtos de itens de primeira necessidade.”

O pedido do presidente destoa do modelo de livre-mercado defendido por liberais, segundo o qual as empresas privadas podem definir seus preços livremente seguindo a oferta e a demanda do mercado, sem interferência governamental.

Os empresários entregaram uma carta com reivindicações ao presidente. Entre elas, a aceleração do processo de vacinação no País e a manutenção do auxílio emergencial – tanto para pessoas quanto para empresas.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="770672" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]