Briga por território pode abalar estruturas do Palácio Iguaçu

Pedro Ribeiro


 

Nos bastidores da Assembleia Legislativa já se pode observar clima tenso entre o atual presidente da casa, Ademar Traiano, e o ex-presidente e poderoso chefe da Casa Civil do governo Beto Richa, deputado federal Valdir Rossoni. Embora ainda permaneça como porta-voz político do governo na Alep e nas solenidades no Palácio Iguaçu, Traiano vê desconforto no crescimento do rival amigo – mesmo partido, o PSDB – nos eventos onde Beto Richa anuncia recursos para municípios.

Rossoni que tem, em suas mãos, 399 municípios, cujos prefeitos fazem romaria em seu gabinete no Palácio Iguaçu, vem anunciando ajuda a todos, independente de partidos e, nos tapinhas nas costas, pedido de apoio à candidatura à Câmara Federal, já que não terá oportunidade no Senado ou na vice-governadoria dos candidatos Osmar Dias, Ratinho Junior e Cida Borghetti.

Acontece que Traiano também é candidato à Câmara Federal e, com a saída de Richa do governo, possivelmente haverá debandada dos aliados de primeira hora. Hoje, Rossoni chama o prefeito, anuncia o cheque e festeja. A Traiano resta pegar carona e manter a relação de amigo número um do rei. Não tem perdido a postura e fala com propriedade sobre as ações do governo, inclusive em artigos publicados na imprensa. Defende o governo com unhas e dentes.

Ao lado de Traiano, outros aliados da base do governo também estariam descontentes com o massacre midiático dos anúncios de Rossoni.Na Câmara Federal, o deputado João Arruda (PMDB), tem manifestado seu repúdio às investidas de Rossoni em seus municípios.

Enquanto isso, o porta-voz oficial, líder do governo na Alep, Luiz Claudio Romanelli se contenta com as benesses ao municípios de sua base. Na quarta-feira, o governador anunciou benefícios a 46 municípios com a autorização assinada para crédito junto a Fomento Paraná, através do Sistema de Financiamento dos Municípios  
 

No festerê, prefeitos de 12 municípios de várias regiões do Paraná, que fazem parte da base do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PSB) estiveram com o governador Beto Richa no Palácio Iguaçu. Durante o encontro, os gestores municipais solicitaram a autorização para pedidos de financiamentos para investimentos nos municípios.

Os recursos serão investidos em obras de infraestrutura e compra de equipamentos. Os projetos apresentados pelos prefeitos, autorizados pelo Poder Executivo passarão por avaliação técnica da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e do Paranacidade. pedro.ribeiro

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="487798" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]