Sintonia Fina
Compartilhar

Como é difícil para um político calçar as pantufas

 Para se manter na mídia e ter alguns momentos de flash de luzes, o ex-governador Roberto Requião (sem parti..

Pedro Ribeiro - 30 de dezembro de 2021, 12:12

 

ANÚNCIO

Para se manter na mídia e ter alguns momentos de flash de luzes, o ex-governador Roberto Requião (sem partido), tem atirado para todos os lados a espera de que alguém, alguma liderança política, que o chame para se filiar em algum partido. Qualquer um que seja de centro esquerda.

Requião já tentou o PSB de Severino de Araújo e deu com os burros na água. Vem insistindo com o PT de Lula que, até o momento, não se manifestou. Gleisi Hofmann e Dilma Rousseff estão fugindo do homem que ser voltar ao Palácio Iguaçu, com apoio do ex-presidente Lula.

Mesmo desgastado, com a perda da última eleição ao Senado, onde se elegeram Oriovisto Guimarães e Flávio Arns, Requião ainda se considera uma das maiores lideranças políticas do Paraná. Seu problema é que ainda insiste no velho discurso da “soberania” contra o capital externo e banqueiros.

ANÚNCIO

Requião continua arrogante e mesmo com o recente trompaço que levou do PSB, ainda se acha a maior liderança política do Paraná. Assim vai levando a vida, dando pitacos diários no twitter para chamar a atenção de alguém. Qualquer um.