Curitiba fica fora do ranking das cidades mais promissoras

Pedro Ribeiro

feirão digital da caixa da casa própria até domingo

 

O que está acontecendo com a “cidade modelo, experimental”, a nossa Curitiba? Não foi selecionada no ranking global elaborado todos os anos pela consultoria Kearney que aponta seis capitais brasileiras entre as cidades mais promissoras do mundo para atrair investimentos.

Curitiba ficou de fora e entraram para o ranking as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador e Recife. Elas, agora, figuram entre os 156 melhores destinos com potencial para reter negócios, pessoas e ideias.

São Paulo é a cidade mais bem posicionada entre as brasileiras que aparecem no levantamento e ocupa a 40.ª posição neste ano, ante a 42.ª colocação de um ano atrás, quando tinha caído nove posições na lista em relação ao período anterior. O grande volume de atividades de negócios na capital paulista continua a ser o principal motivo de atração.

O Rio de Janeiro surge em 76.º lugar – ocupava a 72.ª colocação no ano passado e é a segunda cidade brasileira mais promissora do ranking. Belo Horizonte subiu nove posições, passando de 113.ª a 104.ª. Porto Alegre, que em 2020 estava no 116.º lugar, neste ano aparece em 108.º. Salvador é o 124.º melhor destino e Recife permaneceu em 125.º lugar.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="804309" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]