Deputado mexe com judiciário e desafia colegas do parlamento

Pedro Ribeiro

 

Por entender que os recursos do Fundo de Participação dos Estados (FPE) que deveriam ser canalizados exclusivamente ao executivo estadual para investimentos em infraestrutura e em programas sociais e não repartir o bolo com outros poderes, o deputado estadual, Estadual Requião Filho (MDB/PR), criticou o desperdício desses repasses que estariam servindo para cobrir mordomias e construir obras faraônicas, principalmente no judiciário. O parlamentar voltou a cobrar apoio das bancadas na Assembleia Legislativa para assinatura de um Projeto de Emenda Constitucional que propõe direcionar os recursos do FPE somente ao Poder Executivo no Paraná.

A PEC acresce nova redação ao dispositivo ao art. 133 da Constituição do Estado, para que a repartição do produto da arrecadação dos impostos volte a ser exclusivamente destacada aos investimentos do Executivo, disse o deputado em pronunciamento na Alep. “Problemas com a falta de reajustes do funcionalismo, pagamento da data-base e os investimentos que o Paraná precisa, poderiam ser solucionados com esses recursos”, disse Requião Filho.

Segundo o parlamentar que está indignado com o repasse desses recursos a poderes como o Judiciário que utiliza o dinheiro para bancar “auxilio moradia, compra de paletós, carros e construção de obras com mármore”, o Estado carece de recursos para a área social. As verbas do FPE começaram a ser divididas entre os poderes no Paraná em 2011. Somente nos primeiros quatro anos, representou uma perda de cerca de R$ 1,5 bilhão para o Governo. A proposta apresentada pelo deputado Requião Filho, a mudança desta divisão traria economia ao Estado, já a partir do ano que vem.


“Quero ver quais os deputados que terão coragem de assinar conosco essa proposta, que compra briga com cachorro grande. Os repasses do FPE representam dinheiro de verdade que, se bem aplicados, vão fazer a diferença diretamente na vida da população”, justificou Requião Filho. Ele precisa do apoio de 18 deputados para protocolar o projeto. Faltam apenas oito assinaturas.

Post anteriorPróximo post
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.
Comentários de Facebook