Deputado missionário quer cassação da Rede Globo

Pedro Ribeiro


 

Um dia após alguns deputados criticarem reportagem da RPCTV, afiliada da Rede Globo no Paraná, em referência ao ressarcimento de verba de gabinete, o deputado estadual Ricardo Arruda, do PSL, lançou uma petição na internet para reunir assinaturas com a finalidade de pedir a cassação da concessão da Rede Globo de Televisão. Ele também pediu a imediata intervenção do Ministério das Comunicações na Globo.

Talvez o parlamentar esteja sendo um tanto sensacionalista, como disseram seus colegas que não gostaram da reportagem da RPCTV e agora quer usar a onda contra a Globo para demonstrar sua insatisfação com o noticiário que estaria sendo tendencioso, contra o presidente Jair Bolsonaro.

Arruda alega que a emissora teria violado o artigo 53, do Código Brasileiro de Comunicações, que define condutas consideradas criminosas que podem resultar em sanções contra concessionárias de serviços de comunicação. Em sua justificativa, o deputado enumerou supostas denúncias contra a Globo e aproveitou para dizer que a emissora ataca Deus, Jesus Cristo e a Bíblia.

Arruda também aponta que o artigo 36 do Código Brasileiro de Comunicações prevê que “os serviços de informação, divertimento, propaganda e publicidade das empresas de radiodifusão estão subordinadas às finalidades educativas e culturais inerentes à radiodifusão, visando aos superiores interesses do País”.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.