Deputados vítimas de golpe

Pedro Ribeiro

 

Normalmente, ou seja, o cidadão comum vai até a delegacia para dar queixa – registrar Boletim de Ocorrência – de algum furto, roubo ou outro problema que exige autoridades do setor competente. No entanto, o delegado titular da Delegacia de Estelionato de Curitiba, Edward Figueira Ferraz, foi à Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) na tarde desta segunda-feira (12) para ouvir os deputados estaduais Luiz Claudio Romanelli (PSB), Luiz Carlos Martins (PSD) e Evandro Araújo (PSC), que foram vítimas na semana passada de um golpe via telefone celular.

A vice-governadora, Cida Borghetti, também foi vítima dos malacos que clonaram seu telefone e distribuíram mensagens pedindo dinheiro. O ministro Ricardo Barros entrou em ação denunciando a farsa.

A ação dos criminosos consistia na ativação de um chip de telefonia móvel com os números de telefone celular e dados pessoais dos parlamentares. Após o chip ativado, os golpistas solicitavam aos contatos dos deputados, salvos no aplicativo WhatsApp, depósitos no valor de R$ 2.000,00 via aplicativo do Banco do Brasil.


De acordo com informações da Delegacia de Estelionato, o golpe é recente na praça e, no caso dos deputados e da vice-governadora, foi aplicado por estelionatários do Maranhão. Inclusive, o delegado Edward Figueira Ferraz seguiu para o estado nordestino após ouvir os parlamentares, com objetivo de elucidar o caso juntamente com o apoio das autoridades de segurança pública maranhenses.

Trata-se de uma situação extremamente complexa, na qual qualquer cidadão de bem pode ser vítima”, apontou Romanelli.

 

Veja o que fazer:

 

 

 Para evitar a ação de golpistas no WhatsApp, a Delegacia de Estelionato e o Gabinete Militar da Alep indicam que pessoas ativem no aplicativo uma verificação em duas etapas, por meio de um código pessoal. Confira o passo a passo:

Passo 1: Para ativar, pressione o menu do topo do WhatsApp e selecione “Configurações”.

Passo 2: Em seguida, toque em “Conta” e selecione “Verificação em duas etapas”.

Passo 3: Pressione o botão “Ativar”. Em seguida, será necessário adicionar um código pessoal com seis dígitos (criado por você) e depois digitá-lo novamente, para confirmar. Toque em “Avançar” em cada etapa.

Passo 4: Se preferir, adicione também um e-mail pessoal para recuperação do acesso e, ao final, confirme em “Concluído”.

 

Post anteriorPróximo post
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.
Comentários de Facebook