Desembargador gaúcho manda soltar Lula e Moro dá contraordem e determina que Lula continue preso

Pedro Ribeiro

Desembargador federal, Rogério Favreto, do TRF-4, do Rio Grande do Sul, acaba de conceder liberdade para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado a 12 anos e 6 meses de prisão por corrupção ativa e formação de quadrilha, preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. “Cumpra-se em regime de urgência nesta data (hoje, 8 de julho de 2018) mediante apresentação de alvará de soltura ou desta ordem a qualquer autoridade presente na sede da carceragem da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde se encontra em recluso o paciente”, diz a decisão do desembargador. Portanto, a qualquer momento o preso mais importante do Brasil deverá ser liberado graças à decisão de um desembargador. A qualquer momento voltaremos com novas informações.

A notícia de soltura de Lula caiu como bomba na nação ainda ferida de morte com a derrota da seleção na Copa do Mundo. Com esta decisão, o PT deverá se mobilizar ainda mais para alavancar a campanha de Lula à Presidência da República, o que provocará uma grande confusão no cenário político nacional, onde o país está a pouco menos de quatro meses de realizar eleições presidenciais.

O juiz Sergio Moro, em nota divulgada a pouco, diz que o desembargador federal plantonista, no caso Rogerio Favreto, é autoridade absolutamente incompetente para sobrepor-se à decisão do colegiado da oitava turma do TRF 4 e ainda do plenário do Supremo Tribunal Federal. Moro pede para que se comunique à autoridade policial (Polícia Federal) para que aguarde esclarecimento a fim de evitar o descomprimento da ordem de prisão exarada pela oitava turma.

 


 

Post anteriorPróximo post
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro é jornalista com passagens pela Gazeta do Povo, Folha de Londrina e O Estado do Paraná. Foi pioneiro com a criação do jornal eletrônico Documento Reservado e editor da revista Documento Reservado. Escreveu três livros e atuou em várias assessorias, no governo e na iniciativa privada, e hoje é editor de política do Paraná Portal.
Comentários de Facebook