Em meio à pandemia, os brasileiros estão endividados

Pedro Ribeiro

Endividamento das famílias bate recorde em março

 

Dados do Bando Central mostra um cenário devastador também em relação às contas dos brasileiros, principalmente das classes média e baixas. As dívidas da maioria dos brasileiros estão em patamares recordes, atrasos em pagamentos e renda achatada. Estes são apenas alguns dos pontos de pressão sobre famílias e empresas brasileiras em 2021.

De acordo com o Banco Central, os números mostram que, em dezembro, o comprometimento da renda das famílias brasileiras com dívidas bancárias chegou a 31,1%, pico da série histórica. O dado reflete a parcela dos salários usada para pagar juros e amortizações de empréstimos. Ou seja: a cada R$ 100 de renda, sobram menos de R$ 70 para o pagamento das demais despesas. O endividamento das famílias também é recorde: 56,4% da renda total.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="757010" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]