Estados Unidos, mais uma republiqueta das bananas

Pedro Ribeiro


Foi deprimente o que o mundo assistiu nesta quarta-feira quando fanáticos, liderados por um comandante truculento, golpeou a democracia em um dos países mais fortes e ricos do mundo. O que aconteceu mostra que o poderoso Estados Unidos foi rebaixado a mais um país da república das bananas.

Convenha-se. Para o último ato de oficialização da eleição americana que já se prenunciava polêmico diante de declarações do presidente insuflando sua horda de fanáticos que se organizaram pelas redes sociais, o esquema de segurança do Capitólio, o Congresso de lá, é coisa pior que de Republiqueta.

A invasão foi apenas cereja no bolo. Houvesse algum fanático extremista kamikaze, o que não seria impossível de ocorrer diante do fiasco da segurança, imprevisível falar nas consequências para os EUA e o mundo todo. Dos males o menor! Parece que o leão só ruge, diz o jornalista Alceo Rizzi.

Esperamos que essa aberração protagonizada por Trump não faça escola e aconteça em países latino-americanos onde seus governantes não governam

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal