Executiva paranaense volta a presidir o FI-FGTS com R$ 5 bi

Pedro Ribeiro


A seriedade e honestidade de propostos no trato de recursos públicos ou do trabalhador sob a tutela da União, reconduziram a executiva paranaense, Suzana Leite, à presidência do Fundo de Investimentos –FI-FGTS.

Representante da bancada dos trabalhadores, Suzana volta à presidência – seu primeiro mandato foi em 2018 – do Fundo de Investimentos que tem, em caixa, R$ 5 bilhões para serem investidos em projetos e obras de infraestrutura no país.

Suzana Leite é a única mulher desde a fundação do FI- FGTS, em 2007, a gerir esses recursos. Inicia sua gestão em 2021 com recursos para investimentos em infraestrutura como rodoviária, aeroportuária, de energia, ferrovia, saneamento básico e portos.

A executiva que já esteve à frente do FI em 2018, disse ao Paraná Portal que “recursos financeiros, ou seja, dinheiro, existem. O que falta são projetos na área de infraetrutura. A partir do momento em que empresas governamentais apresentarem projetos que se encaixam dentro das exigência do FI, eles serão financiados”.

Articulada politicamente, Suzana disse ainda que tem a expectativa de que, em 2021, estados e municípios, bem como empresas do governo, apresentem projetos de infraestrutura para alavancar o crescimento e desenvolvimento o país

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="734992" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]