Ezequias Moreira é condenado a seis anos no caso da sogra

Pedro Ribeiro


 

Ezequias Moreira, que ficou conhecido como “o Homem da Sogra” por ter empregado em seu gabinete de assessor do então deputado estadual e hoje governador, Beto Richa, a sua sogra, que jamais compareceu ao trabalho, foi condenado nesta segunda-feira pelo Tribunal de Justiça a seis anos e oito meses de prisão em regime semi-aberto. O caso vem se arrastando por anos, já que Ezequias Moreira se aproveitava de foro privilegiado – como secretário especial do governo Richa – e driblava a justiça. pedro.ribeiro

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="487809" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]