Festas de fim de ano podem potencializar aumento da covid

Pedro Ribeiro

Paraná aplica lei-seca de madrugada e restringe eventos em novo decreto

Viagens e festas de fim de ano, onde certamente haverão agrupamentos de pessoas, já têm levantado preocupação de agentes da área da saúde em todo o mundo. O temor é que com as festividades, poderão potencializar os picos futuros de covid.

Segundo a BB Brasil,em diversos países, governos têm emitido advertências contra aglomerações e deslocamentos nos períodos festivos.

No Brasil, embora não haja recomendações oficiais específicas para as datas festivas, infectologistas se preparam para a possibilidade de, poucas semanas após as festas, o país se ver diante de novos aumentos de casos e mortes.

“Se fossemos reproduzir os encontros natalinos da forma que tradicionalmente ocorrem, neste momento epidemiológico (de alta dos casos), o que espero é um repique brutal no número de casos, devido à contaminação que vai ocorrer neste momento”, diz à BBC News Brasil Jaques Sztajnbok, supervisor da UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo, sugerindo que as pessoas evitem festas de fim de ano em 2020. A entrevista foi dada à BBC Brasil

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal