Filho de Bolsonaro sinaliza com AI-5

Pedro Ribeiro


 

Mais uma do filhote. O inconseqüente deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, disse que se houver radicalização no Brasil por conta da articulação comunista na América Latina, a resposta pode ser via um novo AI-5, “pode ser via uma legislação aprovada através de um plebiscito como correu na Itália”.

O Ato Institucional n° 5 foi editado em dezembro de 1969 pelo presidente Costa e Silva e estabeleceu um regime de exceção, com a suspensão de garantias constitucionais.

Segundo o deputado, se a esquerda radicalizar, “alguma resposta vai ter que ser dada”. Durante a entrevista, Eduardo disse esperar  “que não chegue a esse ponto, né”, mas afirmou que é preciso ficar atento. Eduardo Bolsonaro disse em entrevista à jornalista Leda Nagle.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal