Francischini será oficializado candidato a Curitiba dia 12 de setembro

Pedro Ribeiro


Deputado Delegado Francischini será oficializado candidato à Prefeitura de Curitiba dia 12 de setembro, durante convenção estadual do PSL. Em recado ao atual prefeito, Rafael Greca, avisa que sua esposa, Flávia Francischini, é pré-candidata à Câmara de Curitiba.

“Com 427 mil votos conquistados à Assembleia Legislativa, na eleição passada, sendo 140 mil (16%) em Curitiba, estou me preparando para assumir a gestão pública da capital e desenvolver um trabalho voltado ao atendimento social”, disse o hoje pré-candidato.

Quando diz que dará atenção à camada fina da sociedade, o deputado também dá um recado a Greca que, segundo ele, não tem feito uma gestão de apoio aos pobres. Pelo contrário, pois hoje existem “cinco mil moradores de rua no centro de Curitiba. Isto confirma que “Greca não gosta de pobres”, observa.

Francischini, que já montou sua estrutura de campanha, dedica parte de seu tempo em coligações para aumentar o tempo de aparição na televisão já que terá 15 dias para mostrar seu plano de governo. Ele também aposta na rejeição do atual gestor em função de erros cometidos na saúde com o combate à pandemia do coronavírus.

Pesquisa interna, realizada pela sua equipe de marketing, onde seu titular vem do gabinete de Greca e, onde, também, foi literalmente chutado para fora por Giovani Gionédis, 70% das pessoas ouvidas (não é pesquisa oficial e sim, sondagem interna) ainda não sabem que o deputado é candidato a prefeito. Este marqueteiro, no entanto, será o grande triunfo de Francischini, pois já contou muito.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal