Francisco Beltrão brilha no ranking das cidades mais competitivas do Brasil, comemora Traiano

Pedro Ribeiro


 

O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano, comemorou hoje (23) as boas posições conquistadas por Francisco Beltrão no Ranking de Competitividade dos Municípios, que foi divulgado pelo Centro de Liderança Pública (CLP). O ranking analisa os 411 municípios com população superior a 80 mil habitantes, de acordo com a estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2020. Eles correspondem a 59,75% da população brasileira.

“Francisco Beltrão brilha nesse ranking”, diz Traiano. Ele enfatiza que a cidade onde nasceu e que representa junto ao governo do Estado aparece em 11º lugar entre as cidades do Sul e é a 31ª cidade mais competitiva do Brasil, ocupa a 12ª posição em Qualidade da Saúde e a 17ª em Industrialização e 26ª em Inserção Econômica. “Pelo critério de Funcionamento da Máquina Pública, nosso destaque é ainda maior: ocupamos o 3º lugar. É uma consagração e o reconhecimento do trabalho da administração municipal e de seus representantes”, destaca o deputado.

Para Traiano toda uma conjuntura de fatores permitiu que Francisco atingisse essa posição de destaque no ranking da competitividade. Obras de infraestrutura, estradas, escolas, hospitais, formação de mão de obra, gente empreendedora, levaram nossa cidade a atingir esse patamar. “Eu me orgulho de ter contribuído com esses bons resultados na condição de representante da cidade junto ao governo. Tive a honra de trazer para cá obras importantes que ajudaram Beltrão a atingir esse resultado e, principalmente, atender as demandas da população”.

O deputado destacou ainda que o Paraná aparece muito bem no ranking do CLP. “Nosso Estado tem 16 cidades mais sustentáveis e 12 entre as 100 mais competitivas do Brasil. É um resultado que confirma a percepção de que o governo Carlos Massa Ratinho Junior está conduzindo o Estado no rumo certo. Na direção da competitividade, da industrialização e do desenvolvimento”.

Nesta segunda edição do Ranking de Competitividade dos Municípios, todas as cidades foram avaliadas a partir de 65 indicadores, distribuídos em 13 pilares temáticos e 3 dimensões consideradas fundamentais para a promoção da competitividade e melhoria da gestão pública dos municípios brasileiros.

Os pilares que determinaram a classificação dos municípios foram: Sustentabilidade Fiscal, Funcionamento da Máquina Pública, Meio Ambiente, Acesso à Saúde, Qualidade da Saúde, Acesso à Educação, Qualidade da Educação, Segurança, Saneamento, Inserção Econômica, Inovação e Dinamismo Econômico, Capital Humano e Telecomunicações.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="805404" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]