Frente parlamentar e Fomento discutem linhas de créditos

Pedro Ribeiro


Ex-secretário da Saúde no governo Beto Richa, o agora deputado estadual, Michele Caputo (PSDB), coordenador da Frente Parlamentar do Coronavírus, tem se destacado tanto na sua área, da medicina, onde vem coordenando debates para o combate à Covid-19, como na área econômica.

Para ele, a recuperação econômica do Paraná passa pela ampliação das linhas de crédito do Estado, principalmente aos setores mais atingidos e fragilizados pela pandemia.

Quem avaliza o pensamento do deputado é o próprio presidente da Fomento Paraná Heraldo Alves das Neves que respaldou a proposta aos deputados do colegiado na última reunião da frente.

“Temos que ter ações imediatas, de curto e médio prazos que apoiem a reativação da economia para setores como pequenos empreendedores e pequenas de empresas, que são as que mais empregam no estado e no país”, disse Michele Caputo.

Heraldo Alves disse que o Estado já está expandido o crédito com subvenções aos setores produtivos, em especial aos pequenos empreendimentos e ao agronegócio.

O diretor da Fomento Paraná explicou que as ações já tomadas para atender ao empreendedorismo pelo microcrédito, com reduções de taxas de juros, atendem a um número maior de empresas. “Estamos atentos aos movimentos macroeconômicos no sentido de proporcionar uma redução de juros, apostando na retomada econômica”, afirmou.

É lamentável que o BRDE não tem participado a contento com os planos de recuperação do Estado, preferindo direcionar recursos apenas a grandes empreendimentos, deixando os pequenos a ver navios, ou seja, nas análises de projetos e propostas.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal