General Silva e Luna assume a presidência da Petrobras

Pedro Ribeiro

aeroporto de foz do iguaçu

Depois de realizar um trabalho juto à Itaipu Binacional que privilegiou a região Oeste do Estado, em especial Foz do Iguaçu, o ex-diretor-geral da empresa, General Joaquim Luna e Silva toma posse nesta segunda-feira como presidente da Petrobras. Troca Foz do Iguaçu pelo Rio de Janeiro. A solenidade acontece às 11 horas.

Silva e Luna assume o cargo com a missão de conduzir a estatal de forma a equalizar os interesses dos acionistas e da sociedade. Os sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis e as constantes ameaças de greve do caminhoneiros autônomos deverão estar presentes no dia a dia de sua agenda.

Na usina hidrelétrica de Itaipu, em dois anos e um mês de gestão, o general Joaquim Silva e Luna conseguiu reordenar recursos economizados de convênios e patrocínios sem aderência à missão da empresa, na ordem de R$ 2,5 bilhões, aplicando-os em obras estruturantes, como uma segunda ponte entre o Brasil e o Paraguai e a ampliação da pista do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu. Essas obras, que geraram mais de 2,5 mil empregos, vão estabelecer as bases para um novo ciclo econômico em Foz do Iguaçu e o Oeste do Paraná, área de influência da usina binacional. Com perfil conciliador, Silva e Luna deve repetir o mesmo desempenho na nova casa.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="758513" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]